quinta-feira, 3 de abril de 2008

Não podemos colher o amor semeando ódio!

É quando a vida nos coloca frente às adversidades, frente às injustiças e desgraças que devemos mais do que nunca exercer o amor, exercer a compreensão e o perdão. Não deixar que a maldade alheia tome nossos corações nos tornando pessoas amargas, vingativas e cegas a nossa verdadeira missão neste plano.
Por mais que as coisas nos revoltem, façam nos sentirmos impotentes não podemos responder a elas da mesma maneira, é nessa hora que temos que manter a nossa essência e elevarmos os nossos sentimentos, para que eles sejam sempre sublimes.
Isto não quer dizer que devemos ser inertes perante as monstruosidades, aos acontecimentos, mas sim que devemos ser brandos nas nossas palavras e gestos para que isto não venha afetar de forma negativa nossas vidas e nossa alma.
Temos sim que buscar a justiça e lutarmos pelo o que é certo sempre, mas sem levantarmos a bandeira do ódio, da destruição e da falta de amor. Não podemos
Corrigir um erro cometendo outro, não podemos punir o assassino cometendo o mesmo crime que ele, não podemos punir o ladrão roubando de nós mesmos o senso da razão.
Temos sim que exigir a punição dos erros, dos crimes, mas de forma racional e temos que desejar e pedir para que seres de luz iluminem a consciência de quem comete estes erros ou crimes para que este caia em si e se dê conta do que praticou. Tenham Certeza não existe pior punição do que nossa própria consciência. Quanto às vítimas tenham certeza também que elas estarão exercendo a prática do perdão, estarão num caminho de luz e crescimento.
Não podemos colher o amor semeando ódio!

giovana mendhes.¸.•*ੴ

Um comentário:

Livros e Revistas disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Livros e Revistas, I hope you enjoy. The address is http://livros-e-revistas.blogspot.com. A hug.