quinta-feira, 23 de julho de 2015

Para mim...



Hoje é sobre mim... para mim...
Talvez seja o ano a mais que vem chegando...
 E que ele venha
Com todas as reflexões e lições
que a vida guardou para mim!

Um pouco de mim...

Lá pelos anos 80, eu tinha entre sete, oito anos, mas me lembro com detalhes...
Era época de natal e eu ganhei de um casal de vizinhos e dos filhos deles um jogo de chá, daqueles de brinquedo... eu não sabia o que era pior, o tanto de "zinhas" que tinha dentro daquela caixa ou a cara de dó misturada com a expectativa sobre a minha reação com o presente... Tanto dó, expectativa e até mesmo cuidado era porque meus pais tinham se separado e estávamos num momento difícil e eu mesmo na pouca idade sabia, sabia que deveria ser grata... No outro dia nos juntamos para brincar, eu, os dois filhos deles e mais uma menina da mesma rua... estávamos chegando na minha casa e a menina perguntou porque eles tinham me dado presente de natal e o mais velho com muita naturalidade respondeu que tinham me dado porque eu era pobre... abri minha boca para contestar, mas desisti... olhei para minha casa, ela era velha, quatro peças, banheiro para fora, como eu não poderia ser pobre? Nem mesmo chateada fiquei... Brincamos o resto do dia juntos e todos os outros enquanto moramos ali...


Acho que foi ali que comecei a aceitar os problemas que a vida me dava, que não adiantava esbravejar ou bater de frente com a realidade... Nunca me senti menor do que ninguém, mas aprendi a ser grata e respeitar o tempo que a vida me impumha para que as coisas acontecessem ou mudassem...

Giovana Mendhes

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Raízes

Filhos que sentem vergonha dos pais
deviam se espelhar neles
É na simplicidade e na humildade
Que mora a honestidade
Só se tem a ganhar
Quando nos orgulhamos de nossas raízes


giovana mendhes

sábado, 30 de agosto de 2014

Orgias de Um Renascer



Hoje se fez nostalgia
Foi a música
O tom
O sentimento
Tudo de volta
Em volta
Do que não volta
Portas trancadas
Apenas encostadas
Chaves jogadas
Palavras guardadas
Olhos viajando
Devaneios de um ser
Orgias de um renascer
No desejo de um mal querer

giovana mendhes

sábado, 5 de julho de 2014

Rédeas


Não busco algo novo para mim
Busco o que se foi de mim
E como isso é difícil
Uma mistura de medo
Felicidade
Ansiedade
E até mesmo culpa
E se eu estiver sendo egoísta?
Mas será pecado querer se sentir completa?
Não sofrer com complexos?
Fantasmas se alojam em meus pensamentos
E sempre mostram os lados negativos
E aí é preciso ser forte
Não existe mal nenhum em querer ser completa
Os erros e os acertos sou eu quem os pago
E os outros?
Os outros terão sempre o melhor ou o pior de mim
Isso é uma questão de ponto de vista
Porque de uns tempos para cá
Nada
Nem ninguém
Vai conseguir tirar de mim
O prazer de ser eu mesma
Sem que eu permita
As rédeas da minha vida... são minhas
E se eu as solto
Ou mudo de caminho
É porque EU quero
E só assim consigo ser inteira
Como pessoa
Mulher
Mãe
E para o mundo...
Seja ele o seu ou meu!

Giovana Mendhes

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Medo...

E de repente a mulher
Se transformou em medo
E viu a menina acuada chegar


Giovana Mendhes

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Não Ouse




Pense
Sonhe
Faça planos
Mas não ouse falar
Sussurre para a alma
Deixe o coração decifrar
O olhar demonstrar
E o tempo se encarrega
De colocar no lugar
Tudo se ajeita
Tudo se molda... basta se entregar


giovana mendhes



domingo, 15 de setembro de 2013

Não sei brincar!



E aí você percebe
Que entre abraços
Sorrisos simpáticos
Laços afetivos
E caras de "eu te entendo"
Ninguém te vê
Te sente
Como realmente
VOCÊ é!
Ou talvez, seja mais fácil
Passar por cima
E ver apenas o que convém
O que não irá incomodar
Tirar da zona de conforto
Como que me sugerindo:
_ Coloque a tua máscara também!
E eu...
Eu só quero ser eu mesma
E mesmo em silêncio
Já gritei isso tantas vezes
Tô aqui
De alma escancarada
Me mostrando
Me revelando
Defeitos e qualidades
Atirados no cotidiano
Mas parece que ninguém quer ver
Só querem o faz de conta
E disso
Eu não sei brincar

giovana mendhes