quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Algo Faltou


Hoje algo me fez falta
Não sei se foi a ausência de vida
Ou se foi à vida em demasia que habita em mim
Mas algo faltou
Algo aqui dentro sangrou
Rasgou
Reclamou
E eu... Eu não compreendi
Não consigo parar
Mas assim
Não posso continuar
Contradição
Separação
Ninguém sabe
As palavras nascem sem sentido
Jorram de mim
Inundam o papel
Exorcizando
Livrando-me de mim mesma
Em vão
É sempre tudo em vão
Sempre acabo voltando
E me deparando
Comigo mesma
Com o que realmente sou...

Fantasma da minha própria vida

giovana mendhes

Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

Um comentário: